background
INÍCIO | APRESENTAÇÃO | E-LEARNING | FORMAÇÃO | FORMAÇÃO AVANÇADA | MBA's | LIVRARIA | NOTÍCIAS | CONTACTO
menu logo logo cognos formação
Logotipo dgert logo cognos formação

Comércio
Internacional

Contacto Cognoscontactos cognos

Curso de Formação Comércio Internacional



Preço
180 €. Possibilidade de pagamento faseado

Formatos disponíveis
E-Learning (5 semanas) 
ou
Presencial (50h)

Certificação
+info


"Gestores e empresários olham para o mundo à procura de oportunidades de investimento e de alavancagem das suas competências e vantagens específicas"

Hoje, além dos EUA e da União Europeia, as multinacionais elegem os BRIC – Brasil, Rússia, Índia e China como os pólos de maior atratividade para os investimentos futuros. Os BRIC, a par com os Estados Unidos, são e serão destinos atrativos quer para as grandes multinacionais, quer para empresas de média dimensão europeias e portuguesas. As oportunidades de beneficiar da globalização dos mercados e da produção existem, mas é preciso conhecer como funcionam esses países e os modos para tornar uma empresa multinacional

O QUE DIZEM OS NOSSOS FORMANDOS...

  • Desde já, deixo-vos os meus mais sinceros agradecimentos por toda a atenção e flexibilidade. Será, sem questão, uma próxima escolha num futuro curso. Foi um prazer trabalhar com a Cognos
    Natália Carvalho
  • Desde já, deixo-vos os meus mais sinceros agradecimentos por toda a atenção e flexibilidade. Será, sem questão, uma próxima escolha num futuro curso. Foi um prazer trabalhar com a Cognos

    • Natália Carvalho
Close

1. CALENDARIZAÇÃO
Em formação e-learning: início imediato
ou
Em formação presencial: início a 6 de Dezembro

2. DESTINATÁRIOS
- Empreendedores atuais e potenciais
- Comerciantes 
- Executivos de PMEs 
- Professores de Gestão e Economia
- Gestores e empresários
- Estudantes do ensino médio e superior
- Potenciais interessados que pretendam adquirir conhecimentos nesta área.

3. OBJETIVOS
Este curso aborda as oportunidades e desafios da globalização, as formas de internacionalização das empresas, os critérios para decidir quais os mercados a entrar, avaliando a sua atratividade e o investimento direto estrangeiro, e foca vários fatores a atender nas economias emergentes

4. PLANO CURRICULAR

  • Comércio Internacional - introdução
  • A rota da Seda
  • Teorias e Modelos do comércio internacional
  • Regulamentação do comércio internacional
  • Lista de organismos governamentais com estudos sobre o comércio Internacional por país

  • GlobalTrade

  • Balança Comercial
  • Porque é a globalização importante para os gestores?
  • Globalização versus Regionalização à escala mundial
  • Formas de regionalização
  • O sucesso das pequenas e médias empresas (PME) num mundo plano

  • Incoterms: principais características

  • Prepare-se para trabalhar lá fora
  • Mentalidade de silo, incompatível com empresas internacionais
  • Somos empreendedores?

  • Importância da Cadeia de Distribuição
  • Processo “Push-pull

  • Que Países escolher para localizar unidades produtivas?
  • O que é a dupla tributação internacional?
  • O “International Accounting Standards Board” (IASB) e as Normas Internacionais de Contabilidade (NIC)
  • Como preparar a internacionalização de uma empresa
  • Formas de entrada em mercados estrangeiros

5. CERTIFICADO
Este curso enquadra-se na Formação Profissional Contínua. Irá obter, no final do curso, um Certificado de Formação Profissional emitido através da Plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa), em conformidade com a Portaria nº 474/2010, de 8 de julho, sendo para isso necessário atingir uma classificação final igual ou superior a 10,00 valores.

O Certificado de Formação Profissional é válido para cumprimento das 40 horas de formação profissional contínua obrigatória para as Empresas, de acordo com o Código do Trabalho.

O Certificado de Formação Profissional poderá também ser válido para:

  1. Valorização da candidatura num concurso público ou privado, dependendo do regulamento específico do concurso.
  2. Obtenção de créditos (ECTS), numa instituição de ensino superior, nos termos do disposto no artigo 45.º Creditação, 1 alínea f) do Decreto-Lei n.º 65/2018, de 16 de agosto e, legislação vigente, transcrita seguidamente:
    “1 — Tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico ou diploma, os estabelecimentos de ensino superior: f) Podem creditar outra formação não abrangida pelas alíneas anteriores, até ao limite de um terço do total dos créditos do ciclo de estudos.”
    O valor de ECTS é analisado e creditado pelas Instituições de Ensino Superior.

6. EQUIPA FORMATIVA
Formadores Certificados Pedagogicamente pelo IEFP-Instituto de Emprego e Formação Profissional e com vasta experiência na área.