background
INÍCIO | APRESENTAÇÃO | E-LEARNING | FORMAÇÃO | FORMAÇÃO AVANÇADA | MBA's | LIVRARIA | NOTÍCIAS | CONTACTO
menu logo logo cognos formação
Logotipo dgert logo cognos formação

Curso Economia e
Finanças para não
Financeiros

Contacto Cognoscontactos cognos

Curso de Formação
Economia e Finanças para não Financeiros



Preço
160 €. Possibilidade de pagamento faseado

Formatos disponíveis
E-Learning (4 semanas) 
ou
Presencial (50 horas)

Certificação
+info



Alavancagem
Dividend yield
Balanced Scorecard
Key Performance Indicators
Demonstração de resultados
Price-to-earnings ratio
...
Conhece estes termos ?

O QUE DIZEM OS NOSSOS FORMANDOS...

  • Todos os documentos de apoio foram muito uteis e de prática e acessível leitura, apesar de eu não ser desta área, permitiu-me ter uma noção e algumas bases para a minha prática profissional
    Sandra Silva
  • Gostei bastante de frequentar o curso, obrigado por toda a atenção dispensada. Irei recomendar! Obrigado!
    Gonçalo Bento
  • Todos os documentos de apoio foram muito uteis e de prática e acessível leitura, apesar de eu não ser desta área, permitiu-me ter uma noção e algumas bases para a minha prática profissional

    • Sandra Silva
  • Gostei bastante de frequentar o curso, obrigado por toda a atenção dispensada. Irei recomendar! Obrigado!

    • Gonçalo Bento
Close

1. CALENDARIZAÇÃO
Em formação e-learning: início imediato
ou
Em formação presencial: início a 5 de julho

2. DESTINATÁRIOS
- Empreendedores atuais e potenciais 
- Executivos de PMEs 
- Gestores e empresários
- Comerciantes
- Estudantes do ensino médio e superior

- Outros Potenciais interessados que pretendam adquirir conhecimentos nesta área.

3. OBJETIVOS
Conhecer e compreender os principais conceitos de economia e finanças, que permitam auxiliar na gestão de pequenas e médias empresas, comércio e departamentos que exijam conhecimento nesta área.

Análise Financeira


4. PLANO CURRICULAR

1. O Ciclo do Dinheiro nas Empresas

2. Os Riscos no Ciclo do Dinheiro nas Empresas
2.1 Logo na primeira fase – Financiamento – surge um fator de risco
2.2 As fases seguintes – Compras e Custos Operacionais
2.3 As Fases da Venda e dos Recebimentos
2.4 Fases de Distribuição de Resultados e Pagamento de Juros

3. Funções do Departamento Financeiro
3.1 As funções do departamento financeiro de uma empresa incluem:
3.1.1 Gestão de Tesouraria
3.1.2 Problemas na Gestão de Tesouraria
3.1.3 Gestão de Investimentos
3.1.4 Gestão de Riscos Financeiros
3.1.5 Relações com Investidores

4. Relação entre Risco e Retorno
4.1 Risco e Retorno
4.1.1 Volatilidade
4.1.2 Conhecer vários tipos de risco
4.1.3 Usar a pirâmide de risco
4.1.4 Compreender a relação entre risco e retorno

1. Demonstrações Financeiras
1.1 As Demonstrações Financeiras
1.1.1 Importância das Demonstrações Financeiras

2. O que é a Alavancagem
2.1 Diferenças entre a Alavancagem Financeira e Operacional
2.1.1 Alavancagem Operacional
2.1.2 Alavancagem Financeira
2.1.3 Como calcular o Grau de Alavancagem Financeira (GAF)

3. O que são Ativos
3.1 O que são Ativos Circulantes
3.1.1 Exemplos de ativos circulantes
3.2 O que são Ativos Não Circulantes
3.2.1 Ativo Realizável a Longo Prazo
3.2.2 Ativo permanente e os investimentos de longo prazo
3.2.3 Investimentos
3.2.4 Ativo Imobilizado
3.2.5 Ativo Intangível
3.3 Diferenças entre Ativos e Passivos

1. Instrumentos Financeiros
1.1 Fontes de Informação Financeira
1.1.1 Balanço
1.1.2 Demonstração de Resultados
1.1.3 Demonstração de Fluxos de Caixa
1.1.4 Interligação entre as diferentes demonstrações financeiras

1.2 KPI – Key Performance Indicators

1.3 Balanced Scorecard (BSC)
1.3.1 Conceito e definição do BSC
1.3.2 O BSC como um instrumento de avaliação de desempenho
1.3.3 Arquitetura do BSC
1.3.4 A articulação das quatro perspetivas em relações de causa e efeito

1.4 Rácios de Rentabilidade
1.4.1 Rentabilidade do Ativo (ROA)
1.4.2 Rentabilidade dos Capitais Próprios (ROE)

1.5 Rácios de Liquidez
1.5.1 O ciclo operacional de tesouraria
1.5.2 Os juros, os impostos e os dividendos
1.5.3 As atividades de financiamento
1.5.4 As atividades de investimento
1.5.5 Rácio de liquidez geral
1.5.6 Rácio de liquidez reduzida
1.5.7 Rácio de liquidez imediata 

1. Instrumentos Financeiros
1.1 Rácios de Funcionamento
1.1.1 Prazo médio de recebimentos
1.1.2 Prazo médio de pagamentos
1.1.3 Tempo médio de duração das existências

1.2 Rácios Financeiros
1.2.1 Avaliar o endividamento de uma empresa
1.2.2 Rácio de autonomia financeira

1.3 Rácios de avaliação de empresas
1.3.1 Valor nominal das ações
1.3.2 Valor contabilístico
1.3.3 Valor de mercado
1.3.4 Price-to-book value
1.3.5 Earnings per share (EPS)
1.3.6 Price-to-earnings ratio (PER)
1.3.7 Price-to-cash flow (PCF)
1.3.8 Dividend yield

1.4 Cálculo e análise do Cash-Flow 

1. Avaliação de Empresas
1.1 Cash – flows descontados
1.2 Avaliação por múltiplos
1.3 Valor patrimonial
1.4 Metodologia mais comum para avaliação de uma empresa

2. Fundo de Maneio
2.1 Como Calcular o Fundo de Maneio
2.2 Importância do Fundo de Maneio
2.3 Como Gerir o Fundo de Maneio

3. Análise da Margem Bruta
3.1 Cálculo da Margem Bruta
3.2 Para que serve a Margem Bruta?

4. EVA (Economic Value Added) 
4.1 Os quatro pilares do EVA
4.2 Cálculo prático do EVA
4.3. Vantagens do EVA
4.4 Desvantagens do EVA
 

5. CERTIFICADO
O Certificado de Formação Profissional é emitido sempre que os formandos atinjam uma classificação final igual ou superior a 10,00 valores. A emissão é realizada através da plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa) coordenado pelo GEPE-Ministério da Educação e Ciência, tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho.

6. EQUIPA FORMATIVA
Formadores Certificados Pedagogicamente pelo IEFP-Instituto de Emprego e Formação Profissional e com vasta experiência na área.