fundo
INÍCIO | APRESENTAÇÃO | E-LEARNING | FORMAÇÃO | FORMAÇÃO AVANÇADA | MBA's | LIVRARIA | EMPREGO | CONTACTO
menu logo logo cognos formação
Logotipo dgert
DESENVOLVIMENTO PESSOAL
• Desenvolvimento pessoal
FORMAÇÃO DE PROFESSORES/FORMADORES E CIENCIAS DA EDUCAÇÃO
• Formação de professores e formadores de áreas tecnológicas
CIÊNCIAS SOCIAIS E DO COMPORTAMENTO
• Psicologia
• Sociologia e outros estudos
CIÊNCIAS EMPRESARIAIS
• Gestão e administração
INDÚSTRIAS TRANSFORMADORAS
• Indústrias alimentares
SAÚDE
• Saúde - programas não classificados noutra área de formação SERVIÇOS SOCIAIS
• Trabalho social e orientação
logo cognos formação

Formação Avançada
Pós-Universitária em Psicologia
Escolar e Intervenção
Socioeducativa

Contacto Cognoscontactos cognos

Formação Avançada Pós-Universitária em Psicologia Escolar e Intervenção Socioeducativa


Preço
670 €. Possibilidade de pagamento faseado

Formatos disponíveis
E-Learning (5 meses) ou Presencial (300 h)

Certificação
+info



A complexidade do sistema educativo e formativo e das suas articulações com o mundo do trabalho e, os custos individuais e sociais de decisões de carreira menos adequadas, são razões suficientes para justificar a importância da Psicologia Escolar e da Intervenção Socioeducativa, na ajuda prestada aos jovens e adultos, na sua tomada de decisão, perante a exploração do sistema educativo e formativo, bem como na prevenção de comportamentos de cariz desviante.

1. CALENDARIZAÇÃO
Em formação e-learning: início imediato
ou
Em formação presencial: início a 5 de Novembro

2. HABILITAÇÕES MÍNIMAS
Bacharelato ou licenciatura.

3. DESTINATÁRIOS
Psicólogos e profissionais da área de educação de jovens e adultos, como psicopedagogos, educadores sociais, professores, coordenadores e diretores, que pretendam adquirir conhecimentos nesta área do conhecimento, complementar à sua formação académica de base.

A realização da Formação Avançada Pós-Universitária não permite o desempenho das funções de psicólogo escolar, sem o pré-requisito de detenção de Licenciatura (Pré-Bolonha) ou Mestrado (Pós-Bolonha) em Psicologia.

4. OBJETIVOS
• Adquirir competências ao nível das técnicas de avaliação e estratégias de intervenção, que poderão ser implementadas com alunos que manifestem dificuldades de aprendizagem;
• Adquirir conhecimentos sobre os testes e ferramentas pedagógicas que poderão ser utilizados no processo de orientação vocacional, de jovens e adultos, segundo o atual sistema educativo e formativo;
• Compreender os fenómenos de bullying e violência escolar, bem como algumas estratégias eficazes para reduzir os mesmos;
• Desenvolver competências para a compreensão e utilização da CIF em diferentes áreas, tais como avaliação psicopedagógica e elaboração de programas educativos;
• Adquirir competências de elaboração de planos que permitam a a aquisição de competências de estudo e respetiva rentabilização do estudo, por parte dos alunos;
• Adquirir competências de estruturação e implementação de programas de ação educacional e escolar;
• Analisar e compreender de forma aprofundada os fenómenos da delinquência juvenil, bem como a sua prevenção;
• Compreender as implicações éticas inerentes à intervenção no âmbito da psicologia escolar e da intervenção sócio-educativa;
• Interpretar e discutir bibliografia científica relevante para a área da Formação Avançada Pós-Universitária.

5. SAÍDAS PROFISSIONAIS
Para Psicólogos com Licenciatura (Pré-Bolonha) ou Mestrado (Pós-Bolonha) em Psicologia:
  • • Psicólogo escolar
  • • Reinserção Social
  • • Elaboração de programas educativos
  • • Orientação vocacional
  • • Criação de estratégias de prevenção de problemas escolares como o bullying e a delinquência juvenil
  • • Integração em equipas dos Centros Qualifica

Para outras áreas de formação superior:

  • • Reinserção Social
  • • Elaboração de programas educativos
  • • Criação de estratégias de prevenção de problemas escolares como o bullying e a delinquência juvenil
  • • Integração em equipas dos Centros Qualifica

6. PLANO CURRICULAR

  • A Psicologia da Educação Escolar
  • Abordagem Concetual
  • Perspetiva Histórica e Delimitação Concetual
  • Origem Concetual
  • A problemática da Identidade e o Estatuto Epistemológico
  • Alvos de Intervenção da Psicologia da Educação Escolar
  • Consulta Vocacional em Contexto Escolar
  • Locais, Espaços de Intervenção
  • Domínios de Intervenção
  • Intervenção do Psicólogo da Educação Escolar
  • Tipos de Intervenção
  • Os Objetivos da Intervenção do Psicólogo
  • Avaliação na Psicologia da Educação Escolar
  • Os objetivos da Avaliação Psicológica
  • Competências do psicólogo da Educação Escolar
  • Funções do psicólogo da Educação Escolar
  • Tarefas do Psicólogo Escolar
  • Intervenção no Contexto Escolar

  • Os Modelos Teóricos em Orientação Vocacional
  • História da Orientação Vocacional
  • Alguns Indicadores sobre a Situação da Orientação Vocacional em Portugal
  • Definição e Características do Processo de Orientação Vocacional
  • Definição de Orientação Vocacional
  • O SPO e a Orientação Vocacional no Ensino Básico
  • Intervenção do SPO em OV no Âmbito dos CEF
  • O SPO e a Orientação Vocacional no 3º Ciclo
  • O SPO e a Orientação Vocacional no Ensino Secundário
  • Papel dos diversos Agentes Educativos (Psicólogos e Professores) em contexto Escolar na Orientação Escolar e Profissional
  • Qual a intervenção da Psicologia e Orientação em Meio Escolar no âmbito da orientação ao longo da vida, considerando os diferentes ciclos, níveis e modalidades de educação e ensino (Pré?escolar, 1º, 2º, 3º ciclos do ensino básico, ensino secundário, e profissional)?
  • Qual o Papel da Psicologia e Orientação em Meio Escolar na Promoção do Sucesso Educativo?
  • Qual a intervenção da Psicologia e Orientação em meio escolar na aprendizagem ao longo da vida?
  • Como pode a Psicologia e Orientação em meio escolar intervir na resposta à diversidade?
  • A Psicologia e Orientação em Meio Escolar: Um Recurso da Escola
  • Exemplo de um Programa de Orientação Escolar e Profissional para o 9º ano de escolaridade 

  • A agressividade
  • O bullying
  • Dos estudos às linhas para a intervenção
  • Debate e criação de plano de intervenção

  • Evolução histórica da CIF
  • Estrutura, organização e funcionamento da CIF
  • Análise, classificação, apresentação e discussão de casos, por referência à CIF

  • Aprendizagem e Dificuldades de Aprendizagem
  • Perspetiva Histórica no Estudo das Dificuldades de Aprendizagem
  • Os antecedentes históricos no estudo das DA
  • A psicologia das Dificuldades de Aprendizagem como área científica
  • Definição e Classificação das Dificuldades de Aprendizagem
  • Os problemas à volta da definição de DA
  • A classificação das DA
  • Etiologia das Dificuldades de Aprendizagem
  • Os principais fatores etiológicos das DA
  • A relevância etiológica para o diagnóstico e a intervenção nas DA
  • Diagnóstico Psicopedagógico e Dificuldades de Aprendizagem
  • As várias perspetivas diagnósticas
  • Um modelo de avaliação psicopedagógica das DA
  • Adaptações Curriculares e Dificuldades de Aprendizagem
  • A importância das adaptações curriculares nas DA
  • Intervenção Educativa nas Dificuldades de Aprendizagem
  • A intervenção nas dificuldades de aprendizagem específicas

  • Desenvolvimento e aprendizagem na criança
  • Programas de desenvolvimento de competências de estudo
  • Desenvolvimento de competências pessoais e sociais
  • Métodos de estudo
  • Programas de promoção cognitiva

  • Promoção de competências pessoais e sociais
  • Métodos de estudo
  • Estimulação cognitiva
  • Gestão emocional
  • Educação sexual
  • Prevenção de comportamentos de risco (bullying, consumo de substâncias psicoativas...)
  • Educação parental

  • O Jovem Delinquente e o Homem Criminógeno
  • Comportamento Desviante, Delinquência e Criminalidade
  • Enquadramento Legal e Institucional dos Menores em Perigo
  • A Psicologia Forense na Prevenção da Delinquência Juvenil
  • Avaliação dos Fatores de Risco Associados aos Comportamentos Desviantes
  • O Bullying, a Vitimação e o Risco de Ser Delinquente

  • Crime, Sociedade e Segurança Interna
  • Prevenção dos Comportamentos de Risco e da Vitimação
  • Avaliação e Prevenção da Violência Doméstica
  • Despiste do Mau Trato e Abuso Sexual de Menores
  • Estratégias de Prevenção para Casos de Bullying
  • Intervenção para Agressores e Delinquentes

7. FORMAÇÃO AVANÇADA PÓS-UNIVERSITÁRIA - CERTIFICADO

A formação avançada pós-universitária é uma formação profissional que não atribui grau académico (Licenciatura, Mestrado ou Doutoramento). Atribui sim, um Certificado de Formação Profissional Avançada Pós-Universitária, de elevada relevância no mercado de trabalho, uma vez que comprova possuir conhecimentos e práticas avançadas em determinada área, após o seu ensino universitário.

A realização deste tipo de formação não está reservada a instituições de ensino superior.

O Certificado de Formação Profissional de Formação Avançada Pós-Universitária é emitido sempre que os formandos atinjam uma classificação final igual ou superior a 10,00 valores. A emissão é realizada através da plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa) coordenado pelo GEPE-Ministério da Educação e Ciência, tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho.

O certificado emitido pode também ser considerado para efeitos de valorização da candidatura num concurso público ou privado, de acordo com o regulamento específico do concurso.

O certificado emitido é válido para a obtenção de créditos (ECTS), numa instituição de ensino superior, nos termos do disposto no artigo 45.º, 1 alínea f) do Decreto-Lei n.º 65/2018, de 16 de agosto, que refere:

1 — Tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico ou diploma, as instituições de ensino superior:

f) Podem creditar outra formação não abrangida pelas alíneas anteriores, até ao limite de um terço do total dos créditos do ciclo de estudos.

A Cognos Formação não é um estabelecimento de Ensino Superior, pelo que, naturalmente, não nos compete a emissão de certificados ou de títulos académicos reservados a estas instituições.

8. EQUIPA FORMATIVA
Formadores Certificados Pedagogicamente pelo IEFP-Instituto de Emprego e Formação Profissional e com vasta experiência na área.

9. COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA
Dra. Susana Machado
Psicóloga Clínica