background
INÍCIO | APRESENTAÇÃO | E-LEARNING | FORMAÇÃO | FORMAÇÃO AVANÇADA | MBA's | LIVRARIA | NOTÍCIAS | CONTACTO
menu logo logo cognos formação
Logotipo dgert logo cognos formação

Processo de Comunicação e
Formas Relacionais e
Pedagógicas da Criança

Contacto Cognoscontactos cognos


Curso de Formação
Processo de Comunicação e Formas Relacionais e Pedagógicas da Criança



Preço
220 €. Possibilidade de pagamento faseado

Formatos disponíveis
E-Learning (4 semanas) 
ou
Presencial (50 h)

Certificação
+info


“O processo de aquisição da linguagem pela criança é intrigante para qualquer adulto que, no convívio direto com uma criança, se apercebe da facilidade e da rapidez com que a mesma apreende e domina a língua da comunidade a que pertence.A linguagem é uma das grandes maravilhas do mundo natural. Possuir e conhecer uma língua é a quinta essência da nossa condição de humanos. Em poucos anos de vida, tornamo-nos falantes exímios da nossa língua materna. O processo é rápido, eficaz e universal e não carece de lições formais. Para que tal aconteça, apenas é necessário que a criança seja exposta a sons da fala e a situações de interação em que esses sons ocorram na convivência quotidiana com falantes. Dito de uma outra forma, que ouça falar e que falem com ela.”

Inês Sim-Sim. Aquisição da linguagem: Um olhar retrospetivo sobre o percurso do conhecimento. Em Maria João Freitas & Ana Lúcia Santos (eds.).2017.. Aquisição de língua materna e não materna: Questões gerais e dados do português, 3–31. Berlin: Language Science Press.

“O mais importante na comunicação é ouvir o que não foi dito.”

Peter Drucker

1. CALENDARIZAÇÃO
Em formação e-learning: início imediato
ou
Em formação presencial: início a 4 de Outubro

2. DESTINATÁRIOS
Professores, Psicólogos, Educadores de Infância, Auxiliares Educativos, Técnicos de Serviço Social, Terapeutas da Fala, Terapeutas Ocupacionais, estudantes finalistas e, outros potenciais interessados na temática.

3. OBJETIVOS
• Obter conhecimentos de suporte ao acompanhamento de crianças;
• Compreender a importância da comunicação com a criança;
• Identificar a aquisição, desenvolvimento e perturbações da linguagem da criança;
• Reconhecer a relevância do relacionamento interpessoal na infância;
• Conhecer a relação pedagógica e a relevância do envolvimento parental.

4. PLANO CURRICULAR

  • O Conceito de Comunicação
  • Elementos do Processo de Comunicação
  • Tipos de Comunicação: Verbal e Não Verbal
  • Estilos Comunicacionais
  • Barreiras à Comunicação
  • Comunicação da Criança na interação com o adulto, pais e grupo de pares

  • A Linguagem – Conceito e Definição
  • A Fala
  • Componentes da Linguagem
  • Desenvolvimento da Linguagem
  • Teorias Explicativas da Aquisição e Desenvolvimento da Linguagem
  • Perturbações da Linguagem

  • Relacionamento da Criança
  • A Importância da Família no Desenvolvimento da Criança
  • O Fenómeno da “Base segura”
  • Modelos Internos de Vinculação
  • Separação e Rutura de Vinculação
  • Relações Interpessoais e de Amizade
  • Cooperação entre Crianças
  • Interações entre Rapazes, Raparigas e Grupos
  • Interações entre Idades Diferentes
  • As Interações Sociais - Características dos Contextos de Vida da Criança

  • Relação Pedagógica na Educação Infantil (Educadores/Professores)
  • Relação Pedagógica como Promotora do Sucesso Educativo
  • Educação Parental
  • Instrumentos de Avaliação de Competências Parentais
  • Programas de Intervenção
  • Estilos Parentais e Consequências


5. CERTIFICADO
Este curso enquadra-se na Formação Profissional Contínua. Irá obter, no final do curso, um Certificado de Formação Profissional emitido através da Plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa), em conformidade com a Portaria nº 474/2010, de 8 de julho, sendo para isso necessário atingir uma classificação final igual ou superior a 10,00 valores.

O Certificado de Formação Profissional é válido para cumprimento das 40 horas de formação profissional contínua obrigatória para as Empresas, de acordo com o Código do Trabalho.

O Certificado de Formação Profissional poderá também ser válido para:

  1. Valorização da candidatura num concurso público ou privado, dependendo do regulamento específico do concurso.
  2. Obtenção de créditos (ECTS), numa instituição de ensino superior, nos termos do disposto no artigo 45.º Creditação, 1 alínea f) do Decreto-Lei n.º 65/2018, de 16 de agosto e, legislação vigente, transcrita seguidamente:
    “1 — Tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico ou diploma, os estabelecimentos de ensino superior: f) Podem creditar outra formação não abrangida pelas alíneas anteriores, até ao limite de um terço do total dos créditos do ciclo de estudos.”
    O valor de ECTS é analisado e creditado pelas Instituições de Ensino Superior.

6. EQUIPA FORMATIVA
Formadores Certificados Pedagogicamente pelo IEFP-Instituto de Emprego e Formação Profissional e com vasta experiência na área.